Querendo ver outros blogs meus consultar a Teia dos meus blogs

quinta-feira, 31 de março de 2011

Marina Mota

Marina da Conceição Ribeiro Mota (Lisboa, 7 de Outubro de 1962) é actriz, produtora e cantora portuguesa, sendo uma das caras mais conhecidas do humor em Portugal

Marina Mota é detentora de um invejável currículo na área do teatro de revista e dos programas de humor na televisão. Durante muitos anos, além de presença diária nos seus programas televisivos, a artista participou ainda em inúmeras peças de teatro de revista onde, além do desempenho enquanto actriz, também actuava como cantora.

Marina Mota é uma grande fadista (para mim das maiores) tendo ganho a Grande Noite do fado em 1979

  • A saudade é minha de Carlos Conde


  • Minha mãe é pobrezinha de Linhares Barbosa cantando com Carlos Macedo

quinta-feira, 24 de março de 2011

Edite Guerra

Edite Guerra ganhou a grande noite do fado em 1973, deixo dois fado que encontrei por aí

  • Disse-te adeus e morri



  • Estrela dum fado

segunda-feira, 21 de março de 2011

Saudades tenho-as aos montes

Maria da Nazaré nasceu no Barreiro, então uma das zonas industrias de maior projecção em Portugal. Cedo partiu para Lisboa, onde se radicou no Bairro de Campo de Ourique. E aí começou a cantar, ao despertar para a adolescência. Primeiro em serões de amigos, e logo depois integrada nas sessões para trabalhadores organizadas pela antiga FNAT (hoje INATEL). Nesta mesma altura, pelos finais dos anos sessenta, venceu por duas vezes a Grande Noite do Fado, então patrocinada pela Casa da Imprensa. uma delas foi em 1965


terça-feira, 15 de março de 2011

Fado dos sonhos

Maria Amorim foi a segunda vencedora da Grande noite do fado em Lisboa em 1953

Morreu em Londres em 2003, vítima de doença prolongada

Viveu 67 anos e nascera na Madragoa, tendo começado a cantar na Parreirinha de Alfama, de Argentina Santos, em Lisboa.

Este fado dos Sonhos é da autoria de Frederico de Brito


O meu nome

Esmeralda Amoedo, foi a primeira vencedora da Grande noite do fado em 1953. Nasceu em Lisboa na Mouraria.

Esmeralda Amoedo integrou o elenco de várias casas de fado tanto em Lisboa como no Porto, nomeadamente Café Luso, Adega Mesquita, Toca, Painel do Fado e Mal Cozinhado.

Actuou várias vezes no estrangeiro e ao longo de mais de 50 anos de carreira recebeu vários prémios, entre os quais o Prémio Carreira pelo Jornal de Notícias e Prémio Neves de Sousa pela Casa da Imprensa.

Aqui canta o fado O meu nome uma letra de Adriano Reis para a música do fado tamanquinhas de Carlos Simões Neves

quinta-feira, 10 de março de 2011